Loja

RECOLHIMENTOS DO INSS NA CONSTRUÇÃO CIVIL

E OS REFLEXOS NO E SOCIAL, EFD REINF E DCTF WEB
Limpar

R$250.00R$350.00

SINDUSCON TO

11/10/2019

08H:30 ÀS 17H:30

PALMAS/TO

Objetivo

Analisar as normas previdenciárias que regulam as obrigações das empresas construtoras, proprietários, incorporadoras, donos de obra, empresas prestadoras de serviços e contabilidade no âmbito da construção civil, orientado sobre as regras de arrecadação das contribuições previdenciárias, bem como os lançamentos no e Social, EFD Reinf, DCTF Web e os critérios para se efetivar a regularização das obras junto ao INSS e demais órgãos competentes.

Público Alvo

Empresários, diretores e chefes de recursos humanos e departamento de pessoal, auxiliares de departamento, advogados, contadores, técnicos contábeis, programadores de folha e demais profissionais interessados na matéria.

Conteúdo Programático

  • 1 Principais Legislações
  • – Lei 8.212/91, Dec. 3.048/99 e IN/RFB 971/09
  • 2 Prestação de serviços por profissionais autônomos
  • – Conceito de autônomo
  • – Contribuição previdenciária patronal e do trabalhador
  • – Responsabilidade pelo recolhimento
  • 3 Prestação de serviços por empresas – cessão de mão-de-obra e/ou empreitada
  • – Fato gerador da retenção
  • – Como calcular corretamente a retenção previdenciária
  • – Atividades sujeitas à retenção – cessão de mão-de-obra e empreitada
  • – Dispensa da retenção
  • 04 As regras da retenção para as empresas da desoneração da folha
  • – Alíquotas a serem aplicadas
  • – Declaração do Prestador de serviços
  • 05 Situações especiais
  • – Empresas prestadoras de serviço optantes pelo Simples Nacional
  • – Serviços prestados por cooperativas de trabalho
  • – Obras executadas por entidades beneficentes
  • 06 Solidariedade
  • – Documentos exigíveis na solidariedade
  • – Elisão da responsabilidade
  • 07 Decadência na construção civil
  • 08 e Social
  • – Os lançamentos dos autônomos no e Social
  • – O cadastramento das obras no evento S-1005
  • –  Tabela de lotações tributárias – S-1020
  • –  Situações que caracterizam vínculo empregatício
  • 09 EFD Reinf
  • – Os lançamentos das retenções pelo tomador e prestador de serviços
  • – O cruzamento de informações da prestação de serviço da pessoa jurídica
  • 10 DCTF WEB
  • – A consolidação dos débitos e créditos previdenciários
  • – A emissão da DARF para recolhimento do INSS da obra
  • Observação:  trazer calculadora simples

Sobre o facilitador

JOSE ALFREDO DO PRADO JUNIOR

Advogado, professor, consultor, diretor executivo da empresa Prado Treinamento Profissional, pós-graduando em Direito do Trabalho e Processo do Trabalho pela UNICURITBA, especialista na área trabalhista e previdenciária com experiência de mais de 10 anos.
Atuação permanente como professor, promovendo o desenvolvimento e a qualificação de profissionais ligados às áreas de Contabilidade, Recursos Humanos e Administração de Pessoal, através de cursos presenciais abertos e In Company, palestras e seminários em empresas privadas, consultorias empresarias, e entidades como os CRC – Conselho Regional de Contabilidade, FENACON (SESCON E SESCAP), Federações de classe, e demais sindicatos.

Investimento

ASSOCIADOS SINDUSCON TO R$250,00

PROFISSIONAIS CONTÁBEIS/ESTUDANTES  R$ 250,00

DEMAIS INTERESSADOS  R$ 35000

Condição de PagamentoDepósito em Conta ou Cartão de Crédito*

  • Parcelamento no cartão de crédito em até 3 vezes, parcela mínima R$ 100,00.

 Data limite para as inscrições até 08/10/2019

Informações

Horário de atendimento:  2ª a 6ª feira –  das 09 ás 11  e das 13:30  as  17 horas (horário de Brasília)

e-mail[email protected]

Tel. 41 3387-5175 ZAP 41 98733-5345

 POLITICA DE CANCELAMENTO OU ADIAMENTO dos cursos

PRADO reserva-se no direito de cancelar ou alterar as datas da realização dos treinamentos caso não ocorra a formação mínima de turma.

Essa comunicação ocorrerá no prazo de até 24hs de antecedência da data agendada para a realização do curso, através dos e-mails cadastrados no momento da inscrição

Somente ocorrerá a restituição do valor pago para o inscrito, caso o curso seja CANCELADO pela PRADO, em caso de PRORROGAÇÃO poderá ser realizada a troca do participante caso o mesmo não possa comparecer ou utilizar o crédito para outro curso.

PRADO não se responsabiliza por quaisquer outros valores que eventualmente tenham sido gastos pelo participante, seja a que título for, tais como passagens aéreas, rodoviárias, combustível, hospedagem etc.

ERRO NO CADASTRO

Os dados cadastrais são de inteira responsabilidade do participante. Caso haja algum problema na inscrição do curso por erro de preenchimento do participante, tanto na inscrição, como no método de pagamento, a PRADO fica isenta de qualquer custo que isto possa acarretar.

WhatsApp chat